Quinta-feira é o ultimo dia para sacar o PIS

Os brasileiros que ainda não sacaram o PIS referente ao ano de 2014, terão somente até esta quinta-feira (28/12/16) para sacarem o benefício. O Abono salarial ano base 2014 é pago nos anos de 2015 e 2016, para os trabalhadores que exerceram atividade remunerada com carteira assinada por pelo menos 30 dias naquele ano.

Para ter direito ao benefício do PIS naquele ano, o trabalhador deverá ter tido remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Estão disponíveis no total mais de R$800 milhões do abono salarial para o período. Só no estado de São Paulo, mais de 350 mil beneficiários ainda não sacaram o benefício.

O valor do PIS que está disponível para saque é de R$874,44. Mais de 1 milhão de trabalhadores em todo o Brasil ainda não sacaram o PIS ano base 2014.

Como e onde sacar o PIS

Para sacar o PIS, o trabalhador que tem direito ao benefício, deve se dirigir até as agências da Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil, portando seus documentos pessoais. O prazo máximo para saque é até na próxima quinta-feira.

É importante que os cidadãos saquem seus benefícios até o prazo determinado, pois depois da data não será mais possível retirar o dinheiro. Depois do prazo, o dinheiro será encaminhado ao FAT – Fundo de amparo ao trabalhador.

Quem possui cartão cidadão com senha cadastrada, pode sacar o PIS nos canais de auto atendimento Caixa e em casas lotéricas.

Quem tem direito ao Abono Salarial

Tem direito e podem receber o dinheiro do PIS, aqueles que estão inscritos no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos e, que estão com seus dados corretamente informados no RAIS – Relação Anual de Informações Sociais. Estes dados devem ser informados pelo empregador.

  • Trabalhadores que exerceram atividade por pelo menos 30 dias em 2014
  • Tenham recebido o máximo de dois salários mínimos em média mensal em 2014

Consultar o PIS

Quem não sabe se tem direito ao PIS, pode fazer a consulta dos dados pela internet. Para isto, basta clicar aqui e seguir as dicas. É necessário ter em mãos o número do PIS, CPF e data de nascimento. A consulta também pode ser feita pelo telefone, pelo número do Ministério do Trabalho 158.